A “Conspiração” da Terra plana


Logo atual da Sociedade da Terra Plana.A Sociedade da Terra Plana está crescendo com novos membros a cada ano que aderem a essa seita. Eles argumentam que o mundo em que vivemos não é realmente uma esfera no espaço, mas um disco plano orbitado pelo Sol e da Lua. Mas pode ser realmente verdade? A Terra realmente plana?



Quando caminhamos por aí, a Terra parece infinitamente reta. Como não percebemos a curvatura do planeta, aqui ao nível do horizonte, a nossa sensação natural é que ele seja plano.


E tem gente que leva os sentidos básicos ao pé da letra, a ponto de criar uma Sociedade Terra Plana.

Os membros da STP consideram todas as evidências contrárias — como fotos da esfericidade da Terra feitas por satélites –, como falsificações criadas por uma “conspiração da Terra redonda”, orquestrada pela Nasa e outras agências do governo dos EUA.

Esta crença, de que a Terra é plana, tem sido descrita como a maior das “Teorias conspiratórias”. Mais do que isto: A mãe de todas as “Teorias da Conspiração!”

Mas será que em pleno Terceiro Milênio o lance é sério? E, se for, como é que pode ser psicologicamente possível?

O que exatamente eles acreditam?



O homem nunca pisou na Lua. As imagens produzidas pela Nasa não passam de obras de computação gráfica. A ciência manipula a realidade de acordo com os interesses dos poderosos. Alguma dessas suposições parece familiar? É bem provável que sim.

E, agora, mais do que em muito tempo. Após ganharem um banho de loja, muita divagação teórica e um número ainda maior de vídeos na internet, tais ideias estão de volta sob uma nova bandeira: a dos terraplanistas. Quase 50 anos depois do lançamento da Apollo 11, e 500 após a circunavegação de Fernão de Magalhães, cada vez mais gente acredita que a Terra não é um globo. Em vez disso, ela seria uma pizza gigante – um disco coberto por uma redoma invisível e cercado por um paredão de gelo. Também estaria parada, deitada eternamente em berço esplêndido no centro do Universo.

Data do final do século 19 o primeiro lampejo moderno sobre a eventual platitude da Terra. O marco é o ano de 1881, quando Samuel Rowbotham publicou Astronomia Zetética – A Terra não é um globo, um apanhado de décadas de estudos na área e interpretações literais de passagens da Bíblia. Sob o pseudônimo “Paralaxe”, o inventor inglês tomou para si uma missão ousada: revelar as “mentiras” cultivadas pela ciência, responsável por esconder o real formato de nossa casa.

Rowbotham começa sua obra tentando refutar a evidência prática mais antiga da curvatura terrestre. Segundo ele, experimentos como o do grego Eratóstenes, nascido em 276 a.C., que conseguiu medir a circunferência da Terra, contariam com um erro crasso: considerar o Sol como um astro enorme e distante da Terra. Eratóstenes mediu a circunferência do planeta comparando os ângulos com que a luz do Sol incidia em dois postes instalados em duas cidades distantes. Supondo acertadamente que o Sol é grande (e longínquo) o bastante para que seus raios cheguem à Terra sempre paralelos uns aos outros, ele concluiu que o que causava a diferença entre os ângulos nos postes só poderia ser uma (até então) suposta curvatura da Terra. Com os dados na mão, Eratóstenes calculou que o planeta é uma esfera com 46 mil quilômetros de circunferência. Uma precisão absurda para 2 mil anos atrás: a medida real é de 40 mil quilômetros.
Terra chata

Para os terraplanistas, o Sol e a Lua são bolas do tamanho de cidades, o planeta é cercado por uma muralha de gelo e a gravidade… Bom, a gravidade não existe.



TP: Modelo terraplanista
VR: Vida real

1. ANTÁRTIDA

TP Para quem acredita que a Terra é plana, a Antártida é um paredão de gelo que serve de moldura para a superfície terrestre, segurando a água dos oceanos. Eles dizem que o Tratado da Antártida, de 1959, existe para esconder esse “fato”.
VR Tem quase o dobro da área do Brasil (14 milhões de m²). E o Tratado, assinado por 52 países, estabeleceu-a como território neutro, dedicado à ciência.

2. HORIZONTE

TP Se a Terra é plana, por que a nossa visão não ultrapassa o horizonte? A desculpa aí envolve a neblina e uma suposta limitação da visão humana – o que não faz sentido, já que vemos estrelas a olho nu, e a mais próxima está a 40 trilhões de km (4,3 anos-luz).
VR Alguém com 1,80 m no nível do mar só consegue enxergar a uma distância de 5 km. Dá para comprovar a curvatura da Terra pela sequência de desaparecimento de uma embarcação no horizonte: a parte que some primeiro é a popa, depois a vela.

3. GRAVIDADE

TP Não existe. Só estaríamos presos ao chão por conta de uma força misteriosa que puxa a Terra para cima a uma aceleração constante de 9,8 m/s² – a mesma da gravidade. Seria como se estivéssemos dentro de um elevador gigante, presos ao chão.
VR Existe, claro. E mais: corpos celestes são redondos justamente por causa da gravidade. A massa gera um campo que suga tudo para o centro, moldando-os como esferas.

4. LUA

TP Tem 51, 5 km e descreve sua órbita a 5 mil km do chão.
VR A Lua é só quatro vezes menor que a Terra (com 3.476 km de diâmetro) e está a 384.400 km de distância.
ECLIPSES LUNARES
TP Uma Terra plana não faria sombra. Como explicar os eclipses lunares, então? Uma hipótese diz que o céu tem um “objeto de sombra”. A Lua se esconderia quando esse objeto cortasse seu caminho.
VR São fruto da sombra da Terra projetada na Lua, claro.

5. SOL

TP Tem 51,5 km de diâmetro e fica a 5 mil km de altitude. Funciona como se fosse uma lanterna: ilumina cada porção do planeta em momentos determinados. Ou seja: quando o Sol brilha sobre sua cabeça, é dia. Quando ele está longe, é noite. Simples assim.
VR O Sol tem 1,3 milhão de km de diâmetro (108 vezes mais do que a Terra), e está 149,6 milhões de km distante.
ESTAÇÕES DO ANO
TP Em diferentes momentos do ano, o Sol terraplanista assume órbitas diferentes – se aproximando ou se afastando de cada trópico. E isso estabelece as estações do ano. O raio da trajetória é maior quando o Sol está no “anel norte” e menor quanto está no “anel sul” (veja lá embaixo).
VR Você sabe: por conta do movimento de translação e do eixo de rotação da Terra (inclinado a 23,5 graus), cada hemisfério recebe mais luz solar em determinados períodos do ano. Quando é inverno na parte do sul, é verão no Hemisfério Norte, e vice-versa.

6. MAGNETISMO

TP Alguns terraplanistas defendem que o centro da Terra plana (o Polo Norte) abriga uma montanha magnética que seria a responsável por atrair as agulhas das bússolas. E mais do que isso: para manter o Sol, a Lua e as estrelas em volta do “disco planetário”.
VR Os polos magnéticos estão próximos aos polos geográficos. No centro da Terra, onde as temperaturas podem chegar a 6.000 ºC, existe ferro e níquel em estado líquido. Esse fluido, em constante movimento, gera as correntes elétricas responsáveis pelo campo magnético.

7. ATMOSFERA

TP Os terraplanistas a chamam de atmosplana ou atmocamada – note que “atmosfera” faz referência a um formato esférico, coisa que eles abominam.
VR A camada de gases que envolve nosso planeta fica presa aqui por conta da gravidade, outro conceito que os terraplanistas não curtem.
DOMO
TP É o que nos isola do resto do Universo (seja lá o que exista além da Terra plana).
VR Não existe.

8. MONTANHAS E VULCÕES

TP Abaixo da crosta, haveria uma pressão agindo na Terra plana, resultado da aceleração que ela sofreria para simular a gravidade. Tal movimento teria criado um vasto oceano de magma no manto terrestre, o que justificaria os vulcões.
VR O interior do planeta é instável. Os vulcões e o movimento das massas continentais são os resultados mais notórios desse fato.

A. ATLAS
O mapa-múndi terraplanista usa a projeção azimutal, igual à do símbolo da ONU

B. ESTRELAS
TP Estrelas seriam basicamente lâmpadas de LED: fontes luminosas a poucos milhares de km da Terra.

C. EQUADOR
TP Esta região seria mais quente que a dos polos por estar diretamente abaixo do mini-Sol.






AS 5 RAZÕES MAIS DIVERTIDAS PARA VOCÊ ACREDITAR QUE A TERRA É PLANA


1. Você fará parte de um clube seleto

Hoje em dia, somos mais de 7 bilhões de seres humanos no planeta. A grande maioria acredita que a Terra é esférica – ou perto disso, já que ela não é exatamente uma bola perfeita. Entretanto, existe uma parcela mínima da população que acha que isso é mentira. A Sociedade da Terra Plana conta hoje em dia com cerca de 100 membros cadastrados. Ela já teve mais de 3 mil membros, durante os anos 90, mas um incêndio destruiu todos os seus arquivos e ela precisou recomeçar do zero.
Você terá um clube exclusivo para chamar de seu




2. Pessoas influentes acreditam nessa teoria

Se você quiser acreditar que a Terra é plana, é total direito seu. Como você viu no item acima, você não será o único no planeta a pensar dessa forma. Um “famoso” que faz parte desse grupo é Mohammed YusuF, ex-líder do Boko Haram. Segundo ele, os membros desse grupo terrorista odeiam a educação ocidental.
Porém, se você achou a comparação com o terrorista um pouco extrema, não vai gostar nadinha de saber outro nome histórico importante a apoiar essa ideia: Adolf Hitler. Supostamente, o ditador nazista é uma das únicas pessoas conhecidas a ter ido até o fim da Terra, na borda da Antártida.



Hitler: uma das únicas pessoas conhecidas a supostamente ter visto os paredões que formam a borda do nosso planeta




3. Você vai viver em um disco redondo

Os teóricos da Terra plana defendem que ela tem o formato redondo igual assim como uma pizza e é cercada de enormes cadeias de montanhas de gelo que impedem que os oceanos vazem para o espaço sideral. Ninguém nunca teria visto isso porque a NASA desviaria todos os voos que chegam perto da fronteira final da Terra. Legal, né? Chega a ser poético!


Parece legítimo



4. Você vai provar que Albert Einstein está errado

Quem defende que a Terra é redonda (eu, o Mega Curioso, seu professor de ciências, o papa e por aí vai) diz que o principal problema de uma Terra plana seria em relação à gravidade: como ela funcionaria se vivêssemos em um planeta achatado? Segundo esses teóricos, o planeta está viajando a uma velocidade constante de 9,81 m/s – a mesma da gravidade. É por isso que somos “empurrados” de volta para o planeta e não saímos voando por aí.
Mas e a Lua? Ela, sim, gira em torno da Terra. Porém, ela também viajaria pelo Cosmos a uma velocidade igual à do nosso planeta-pizza e, por isso, nunca se separou da gente. Parece louco? E é! E o Sol? E as estrelas? Bem, eles estariam muito mais próximos da Terra do que imaginamos. Esqueça “anos-luz”: são apenas alguns milhares de quilômetros de distância. Ou seja, se toda a Física que você conhece está errada, é mole dizer que você vai ser mais inteligente que o Einstein – isso se a Terra for plana, né?



Ai que burro, dá zero pra ele



5. Desenhe no horizonte

Você pode provar sua ideia de que a Terra é plana de uma maneira muitíssimo simples: estenda uma régua no horizonte e mostre que ela não faz curva coisíssima nenhuma! Claro que se vier alguém falar que a Terra é gigante e por isso a sua curvatura é impossível de ser percebida pelo olho humano basta dizer que ele está errado. Afinal, você tem como “provar” a sua teoria; já o outro...


Cadê o seu Deus agora?



Já está convencido de que tudo o que você acreditou era uma mentira? Não deixe de comentar o que você acha desse assunto – vai que você encontra semelhantes, decifram toda a conspiração governamental para esconder esse fato e ainda ganham o prêmio Nobel de Física?


fonte: www.megacurioso.com.br

Pequeno guia de sobrevivência ao fim do mundo



Atualmente presenciamos muitos desastres, não é mesmo? Nós aqui do Brasil até que temos sorte, visto que não sofremos com tsunamis, terremotos e coisas semelhantes, porém, ainda assim algumas outras tempestades nos assolam. Por mais que não passemos por isso, pode ser que durante alguma viagem que esteja fazendo mundo afora você precise lidar com alguma catástrofe inesperada.

O que você faria em uma situação de extrema urgência? Já que não somos acostumados com esse tipo de coisa, é muito provável que agíssemos da forma errada se não tivéssemos nenhum tipo de instrução. Foi pensando nisso que nós aqui da Fatos Desconhecidos, separamos abaixo alguns hacks de sobrevivência que poderão te livrar da morte em caso de alguma catástrofe. Confere aí!
1 - Use seu relógio como uma bússola



Caso esteja no hemisfério norte, mantenha seu relógio plano na palma de sua mão, fazendo com que ele fique paralelo ao solo e posicione o ponteiro que indica as horas na direção do sol. Agora pode ser a parte mais complicada: você precisará encontrar o ponto médio do ângulo que fica entre o ponteiro que indica as horas e a posição que marca 12 horas. O poto médio ficará entre os dois, indicando o Sul, enquanto o ponto do lado oposto indicará a direção para o norte.

Se estiver no hemisfério Sul precisará posicionar a marca das 12 horas em direção ao Sol. Essa é a grande diferença entre os dois hemisférios. Enquanto no norte você precisará apontar o ponteiro das horas para o sol, aqui você apontará a marca das 12.
2 - Absorventes internos dão excelentes curativos



Você já pensou nisso? Os absorventes internos tem uma ótima absorção e podem estancar uma boa quantidade de sangue em casos de gravas ferimentos. Você pode abri-lo como se fosse uma gaze e colocá-lo sobre a ferida, usando a corda para amarrá-lo no local. Ainda podem ser ótimos em casos de hemorragias nasais!
3 - Acenda as luzes durante um incêndio



Quando perceber que existe um foco de incêndio, procure acender todas as luzes ao redor o mais rápido possível antes de evacuar o local. Mas por que isso? Bom, simplesmente para facilitar a vida dos bombeiros, pois assim a visão de sua casa será melhor e eles poderão enxergar melhor o ambiente.
4 - Nunca faça pontes de abrigo em caso de tornado



Se você precisar se esconder ou fugir de um tornado que está prestes a acontecer, ou que está acontecendo, nunca tome como abrigo grandes estruturas como pontes, ou estruturas semelhantes. Se esconder de baixo desse tipo de coisa é muito arriscado, e por mais que pareça óbvio, no meio do desespero é comum que as pessoas tenham atitudes como estas. Estruturas semelhantes podem cair a qualquer momento, fazendo com que você tenha problemas ainda maiores.
5 - Nunca se esqueça de ter sempre uma meia calça por perto



Ela podem ter muitas funções em meio a grandes desastres. Dependendo da forma como usá-las, podem ser bem resistentes e servir pra um monte de coisas. Elas podem ser ótimos filtros, por exemplo, pode usar uma delas para filtrar grandes partículas de líquidos, ou ainda podem servir como excelentes torniquetes.
6 - Papel alumínio também é muito útil



Não é atoa que ouvimos por aí que o papel alumínio tem inúmeras funções. Em situações de emergência, eles podem substituir quase tudo da sua cozinha. Você pode usá-lo para criar uma barreira contra a umidade para fazer uma fogueira de forma mais fácil, ou mesmo para ter um pouco de fogo. Pode usá-lo também para envolver sua comida e colocá-la diretamente sobre a brasa. Serve até mesmo omo prato, basta dobrar algumas camadas para que fique mais firme, e será tão útil quanto.
7 - Você pode fazer fogo com palha de aço



Se estiver em algum tipo de situação que precise de fogo, seja para preparar comida, ou qualquer que seja o motivo, é sempre bom ter algumas palhas de aço por perto. Elas podem iniciar o fogo, e funciona ainda melhor com a ajuda de uma bateria. Você pode usar alguns fios da palha para unir os terminais da bateria (positivo e negativo), provocando faíscas e obtendo fogo.

Terremoto de 6,1 atinge costa do Japão



Nesta tarde de quarta-feira (20/09), um terremoto de magnitude de 6,1 na escala Richter no Oceano Pacífico próximo à costa do Japão.

A informação foi confirmada pelo o Serviço Geológico dos EUA (USGS). Segundo o órgão, o abalo aconteceu a 281 km a leste da cidade de Kamaishi.

Ainda não há informação se o terremoto foi sentido em território japonês. O terremoto ocorreu menos de 24 horas depois de um outro poderoso tremor atingir Cidade do México, deixando centenas de mortos

O epicentro foi localizado 281 km a leste da cidade de Kamaishi, em Honshu, a maior ilha do Japão, a uma profundidade de apenas 10 km, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos

Terremoto de magnitude 6,1 atinge a Nova Zelândia

Resultado de imagem para terremoto nova zelandia

Um terremoto de magnitude 6,1 atingiu o sul da Nova Zelândia na quarta-feira (20, horário local).

O tremor foi registrado a uma profundidade de 10 km, 256 km a oeste da Ilha de Auckland, segundo o Serviço Geológico dos EUA. Não foi emitido alerta de tsunami imediatamente após o abalo.

Resultado de imagem para terremoto nova zelandia

Forte terremoto atinge a Cidade do México no aniversário do tremor de 1985


Um forte terremoto voltou a atingir o México nesta terça-feira, 19 de setembro, deixando um rastro de destruição, mortes, feridos e pânico no país. O epicentro do sismo, de 7,1 graus de magnitude, foi a cerca de 12 quilômetros da localidade de Axochiapan, no Estado de Morelos (centro do país), mas o tremor de terra foi sentido na Cidade do México, capital mexicana, onde dezenas de prédios caíram. Várias pessoas morreram nas localidades atingidas, mas as autoridades mexicanas ainda seguem contabilizando os mortos e feridos na tragédia. O terremoto ocorreu apenas dez dias depois de outro tremor de terra, de magnitude 8,2 graus na escala de Richter, sacudir o sul do país e deixar mais de uma centena de mortos nos Estados de Oaxaca, Chiapas e Tabasco.

Veja como foi a cobertura das primeiras 24 horas da tragédia no México:

Imagens chocantes da destruição feita pelos Furacões






Inundações causadas pelo furacão Irma em Bonita Springs, na Flórida (Foto: Nicole Raucheisen/Nápoles Daily News via AP)





Uma árvore caiu em uma casa durante o furacão Irma, em Atlanta, na Geórgia (Foto: Tami Chappell/Reuters)





Thomas Hogan resgata um cachorro de um subúrbio inundado após passagem do furacão Irma, em Orlando, na Flórida (Foto: Gregg Newton/Reuters)








Pessoas caminham em uma rua inundada após passagem do furacão Irma, em Norh Miami, na Flórida (Foto: Carlo Allegri/Reuters)





Casa é vista destruída após passagem do furacão Irma, em Vilano Beach, na Flórida (Foto: St Johns County Fire Rescue via Reuters)





Uma casa é vista destruída após passagem do furacão Irma, em Naples, na Flórida (Foto: Bryan Woolston/Reuters)








Uma casa é vista destruída após passagem do furacão Irma, em Naples, na Flórida (Foto: Bryan Woolston/Reuters)





Moradores atravessam rua alagada enquanto, ao fundo, uma onda explode na costa em Havana, Cuba, no domingo (10) (Foto: Yamil Lage/AFP)





Destruição causada pela passagem do furacão Irma no bairro de Cojimar, em Havana (Cuba) (Foto: Yamil Lage/AFP)








Jovem fotografa um furgão que caiu dentro de uma cratera formada no meio de uma rua de Winter Springs, na Flórida, após a passagem do furacão Irma (Foto: Joe Burbank/Orlando Sentinel via AP)





Cachorros observam o exterior enquanto o dono passa de carro observando os danos causados pelo furacão Irma no centro de Tampa, na Flórida (Foto: Adrees Latif/Reuters)





Caminhonete atravessa área alagada após passagem do furacão Irma em Key Largo, na Flórida (Foto: Wilfredo Lee/AP)








Família deixa apartamento que fica no 4º andar de um prédio de Marco Island, na Flórida, para retornar para a casa térea onde eles vivem, nesta segunda-feira (11). Joe Raymond, sua mulher e a filha se abrigaram na casa da mãe de Joe com medo da passagem do furacão Irma (Foto: David Goldman/AP)





Prédios e casas atingidos pela passagem do furacão Irma nas Ilhas Virgens Britânicas são vistos em sobrevoo. A imagem de domingo (10) foi divulgada nesta segunda-feira (11) (Foto: Cpl Timothy Jones/Ministério da Defesa via Reuters)





Prédios e casas atingidos pela passagem do furacão Irma nas Ilhas Virgens Britânicas são vistos em sobrevoo. A imagem de domingo (10) foi divulgada nesta segunda-feira (11) (Foto: Cpl Timothy Jones/Ministério da Defesa via Reuters)









Imagem feita da Estação Espacial Internacional pelo astronauta italiano Paolo Nespoli mostra o olho do furacão José visto do espaço. Nespoli postou a imagem na madrugada desta segunda-feira (11) (Foto: Reprodução/Twitter)





Telhados destruídos em áreas residenciais são vistos enquanto o furacão Irma passa ao sul da Flórida, em Miami (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Um caminhão virado é visto enquanto o furacão Irma passa ao sul da Flórida, em Miami (Foto: Carlos Barria/Reuters)








O olho do furacão Irma passa por Naples, na Flórida (Foto: David Goldman/AP)





Inundações no bairro de Brickell, em Miami, na Flórida (Foto: Stephen Yang/Reuters)





Inundações perto do Hard Rock Stadium, em Miami, na Flórida (Foto: Stephen Yang)








Ondas batem em El Morro após a passagem do furacão Irma, em Havana, Cuba (Foto: Ramon Espinosa/AP)





Árvores caídas e ruas inundadas pelo furacão Irma são fotografadas em Marco Island, na Flórida (Foto: Marco Island Police Department via REUTERS )





Teto de posto de combustível desabou após forte vento e chuva provocados pelo furacão Irma, em North Miami, na Flórida (Foto: Wilfredo Lee/AP)








Carro parcialmente submerso é visto em uma área inundada de Coconut Grove, em Miami, na Flórida (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Morador atravessa uma rua inundada no centro de Miami, enquanto o furacão Irma chega no sul da Flórida (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Carro é visto abandonado em rua alagada, em Fort Lauderdale, na Flórida (Foto: Chip Somodevilla/Getty Images/AFP)






Nuvens de tempestades são vistas em Orlando, na Flórida (Foto: Joe Burbank/Orlando Sentinel via AP)





Mary Della Ratta, de 94 anos, fica em um abrigo depois de ter desocupado sua casa com a ajuda da polícia na noite passada, em Nápoles, na Flórida. 'Eu tenho medo do que vai acontecer. Não sei o que vou encontrar quando voltar para casa', disse Della Ratta, cujo marido faleceu há dez anos. 'Eu não tenho ninguém. Estou sozinha neste mundo'. (Foto: David Goldman/AP)





Ventos do furacão Irma sopram palmeiras, em Nápoles, na Flórida (Foto: David Goldman/AP)









Um semáforo caído é visto em uma rua em Hialeah, na Flórida (Foto: Alan Diaz/AP)





Chuvas intensas inundam as ruas na área de Coconut Grove, em Miami (Foto: Alan Diaz/AP)





Carro é visto em rua alagada devido à chegada do furacão Irma, em Surfside, na Flórida (Foto: Wilfredo Lee/AP)








O oficial Dustin Terkoski atravessa os restos de uma casa de dois andares no condado de Brevard, na Flórida (Foto: Red Huber/Orlando Sentinel via AP)





Um guindaste caiu sobre um edifício em construção no centro de Miami como consequência dos fortes ventos gerados pelo furacão Irma (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Pessoas atravessam ruas inundadas em Havana após a passagem do furacão Irma, em Cuba (Foto: Ramon Espinosa/AP)









Um homem é resgatado de um bairro inundado após a passagem do furacão Irma, em Havana, Cuba (Foto: Stringer/Reuters)





Paseo del Prado é inundada após a passagem do furacão Irma, em Havana, Cuba (Foto: Stringer/Reuters)





Pessoas atravessam uma rua inundada após a passagem do furacão Irma, em Havana, Cuba (Foto: Stringer/Reuters)










Água subiu até uma calçada pelo rio Miami, enquanto o furacão Irma chega no sul da Flórida, no centro de Miami, na Flórida (Foto: Carlos Barria/Reuters)





A autoestrada I-95 é vista deserta, em Fort Lauderdale, na Flórida (Foto: Paul Chiasson/The Canadian Press via AP)





Palmeira caída é vista em um bairro residencial, em Fort Lauderdale, na Flórida (Foto: Paul Chiasson/The Canadian Press via AP)









Ondas batem contra farol após a passagem do furacão Irma, em Havana, Cuba (Foto: Stringer/Reuters)





Rua inundada é vista em bairro residencial, em Fort Lauderdale, na Flórida (Foto: Paul Chiasson/The Canadian Press via AP)





Destruição após passagem do furacão Irma são vistos em Tortola, Ilhas Virgens Britânicas (Foto: Joel Rouse/Royal Navy/MoD/Crown Copyright 2017 via Reuters)









Barcos na marina em South Beach, em Miami, durante os fortes ventos decorrentes do furacão Irma, que atingiu a Flórida na manhã deste domingo (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Veículos trafegam na Ocean Drive, em South Beach, em meio aos ventos fortes do furacão Irma (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Fortes ondas atingem a Baía de Biscayne (Foto: Wilfredo Lee/AP Photo)









Moradores de Miami caminham neste domingo em South Beach (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Fortes rajadas de vento atingem Miami com a chegada do Irma (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Especialistas do Centro Nacional de Furacões dos EUA acompanham com apreensão a chegada do Irma à região de Florida Keys (Foto: Andy Newman/AP)









Árvores sofrem com a ventania causada pelo furacão Irma, em Havana, Cuba. (Foto: Stringer/ Reuters)





Mulher anda de skate em Miami, Florida (EUA), antes da chegada do furacão Irma. (Foto: Carlos Barria/ Reuters)





Ruas de Miami ficam vazias às vésperas da chegada do Furacão Irma. Em toda a Flórida, mais de 6 milhões de pessoas receberam alerta de evacuação (Foto: Carlos Barria/Reuters)









O Furacão Irma perdeu força ao passar por Cuba, mas causou estragos. Na foto, o mar agitado avança sobre o Malecón, tradicional ponto turístico em Havana (Foto: Reuters)





Ondas quebram no boulevard Malecón, em Cuba, após a passagem do furacão Irma (Foto: Stringer/ Reuters)





O Irma deixou rastro de destruição na cidade cubana de Caibarien. Furacão segue agora para a Flórida (Foto: Alexandre Meneghini/Reuters)









Milhares de pessoas esperam na fila para entrar no abrigo na Arena Germain, na Flórida, às vésperas da passagem do furacão Irma. (Foto: Jay Reeves/Associated Press)





Moradores da cidade de Estero, na Flórida, fazem fila para entrar em abrigo antes da chegada do Furacão Irma (Foto: Adrees Latif/Reuters)





Animais são levados para abrigo em Estero, na Flórida (Foto: Bryan Woolston/Reuters)





Animais são levados para abrigo em Estero, na Flórida (Foto: Bryan Woolston/Reuters)





Nuvens negras são vistas no céu de Miami antes da chegada do Furacão Irma (Foto: Carlos Barria/Reuters)





Ventos fortes na praia em Hollywood, Florida (EUA), com a aproximação do furacão Irma (Foto: Carlo Allegri/ Reuters)





Pessoas buscam abrigo em Miami, às vésperas da passagem do furacão Irma pela Flórida, nos EUA. (Foto: David Goldman/Associated Press)





Milhares de pessoas esperam na fila para entrar no abrigo na Arena Germain, na Flórida, às vésperas da passagem do furacão Irma. (Foto: Jay Reeves/Associated Press)





Homem leva colchão para abrigo em Miami, às vésperas da passagem do furacão Irma pela Flórida. (Foto: David Goldman/Associated Press)





Casal cruza ruas de Miami, à espera da passagem do furacão Irma pela Flórida. (Foto: Mike Stocker/Associated Press)





Estudantes da Universidade Internacional da Flórida evacuam o alojamento devido à chegada do furacão Irma aos Estados Unidos. (Foto: David Goldman/Associated Press)





Caminhão dos bombeiros no meio de uma rua de Cuba, durante a passagem do furacão Irma pela ilha. (Foto: Desmond Boylan/Associated Press)





Mulher e criança se protegem do vento e da chuva em Cuba, durante a passagem do furacão Irma pela ilha. (Foto: Desmond Boylan/Associated Press)





Clientes esperam para pedir café da manhã em restaurante que segue aberto na cidade de Hialeah, na Flórida. (Foto: Alan Diaz/AP)





Imagem do satélite GOES-16, tomada na sexta-feira (8), mostra o avanço de Irma. (Foto: NOAA vía AP)





Estragos provocados por Irma na cidade cubana de Remedios (Foto: Alexandre Meneghini/Reuters)





Animais do zoo de Miami são levados a um abrigo resistente para escapar do furacão (Foto: Wilfredo Lee/Reuters)





Tela mostra a trajetória do avião "Hurricane Hunter" através do olho do furacão Irma nesta sexta (8). (Foto: Kevin Lamarque/Reuters)





Foto desta sexta-feira (8) mostra os estragos causados por Irma na ilha de Virgen Gorda, nas Ilhas Virgens Britânicas. (Foto: Caribbean Buzz Helicopters via AP)





Lucita Leonce, 71, se lamenta na frente de sua casa que foi inundada por fortes chuvas provocadas após passagem do furacão Irma, em Fort-Liberte, no Haiti (Foto: Dieu Nalio Chery/AP)





Vista aérea da destruição após o furacão Irma, em Saba Rock, Ilhas Virgens Britânicas (Foto: Caribbean Buzz Helicopters/via Reuters)





Meninos atravessam as águas das inundações causadas por fortes chuvas provocadas pelo furacão Irma, em Fort-Liberte, no Haiti (Foto: Dieu Nalio Chery/AP)





Uma moto e uma bicicleta são vistas parcialmente submersas em região alagada após passagem do furacão Irma, em Fort-Liberte, no Haiti (Foto: Dieu Nalio Chery/AP)





Vista aérea da devastação após o furacão Irma, em Tortola, Ilhas Virgens Britânicas (Foto: Caribbean Buzz Helicopters via REUTERS)





Homem passa por escombros após passagem do furacão Irma, em Puerto Plata, na República Dominicana (Foto: Ricardo Rojas/Reuters)





Poste caído é fotografado após passagem do furacão Irma, em Puerto Plata, na República Dominicana (Foto: Ivan Alvarado/Reuters)





Escombros deixados na passagem do furacão Irma pelo Haiti. (Foto: Ricardo Rojas/Reuters)





Homem anda de motocicleta no meio de inundação após a passagem do furacão Irma pelo Haiti. (Foto: Andres Martinez Casares/Reuters)





Mulher descansa antes de voltar a retirar os escombros de casa que caiu com a passagem do furacão Irma pelo Haiti. (Foto: Ricardo Rojas/Reuters)





Pessoas olham para o que restou de sua casa após passagem do furacão Irma, em Nagua, República Dominicana (Foto: Ricardo Rojas/Reuters)





Casas e carros destruídos após a passagem do furacão Irma em St. Maarten (Foto: AP/ Gerben Van Es)





Destruição causada pelo furacão Irma em Porto Rico (Foto: AP Photo/Carlos Giusti)





Furacão Irma destrói casa em Porto Rico (Foto: AP Photo/Carlos Giusti)





Destruição na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Lionel Chamoiseau/AFP)





Destruição na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Lionel Chamoiseau/AFP)





Imagem de satélite mostra o furacão Irma no Oceano Atlântico (Foto: Courtesy NASA via REUTERS)





Casa é vista cercada por detritos trazidos pelo furacão Irma, em Nagua, na República Dominicana (Foto: Tatiana Fernandez/AP)





Casa destruída após passagem do furacão Irma, em Nagua, na República Dominicana (Foto: Tatiana Fernandez/AP)





Destruição na Ilha de Saint martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Jonathan Falwell via AP)





Chuva chega ao Haiti antes da passagem do furacão Irma, que causou pelo menos 10 mortes em ilhas do Caribe (Foto: Hector Retamal/AFP)





Furacão Irma deve atingir o Haiti nas próximas horas (Foto: Hector Retamal/AFP)





Destruição na Ilha de Saint martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Jonathan Falwell via AP)





Ondas batem contra a costa e um barco encalhado, em Puerto Plata, República Dominicana (Foto: Ivan Alvarado/Reuters)





Pessoas passam por destroços após passagem do furacão Irma, em Nagua, na República Dominicana (Foto: Ricardo Rojas/Reuters)





Homens atravessam uma casa destruída pela passagem do furacão Irma, em Nagua, República Dominicana (Foto: Ricardo Rojas/Reuters)





Imagem de satélite mostra o furacão Irma, o furacão Jose (direita) e o furacão Katia (esquerda) no Oceano Atlântico (Foto: NOAA/Handout via Reuters )





Imagem de satélite mostra o furacão Irma (esquerda) e o furacão Jose no Oceano Atlântico (Foto: NOAA/Handout via REUTERS)





Mulher atravessa uma rua inundada em Puerto Plata, República Dominicana (Foto: Ivan Alvarado/Reuters)





Ondas batem contra um barco perto da costa enquanto o furacão Irma passa sobre Samaná, na República Dominicana (Foto: Tatiana Fernandez/AP)





Águas avançam sobre as casas na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS)





Destruição na Ilha de Saint martin, no Caribe, após passagem do Irma (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS)





Casas destruídas após passagem do furacão Irma pela Ilha de Saint Martin, no Caribe (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS )





Vista de cima da praia na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS )





Destruição em Sint Maarten, parte holandesa na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do Irma (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS )





Destruição vista de cima na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do Irma (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS )





Destruição na Ilha de Saint Martin, no Caribe, após passagem do furacão Irma (Foto: Netherlands Ministry of Defence/Handout via REUTERS)





Furacão Irma deixou devastação na Ilha de Saint Martin, no Caribe (Foto: NETHERLANDS MINISTRY OF DEFENCE via REUTERS)





Após passagem do furacão Irma pelo Caribe, os danos à parte holandesa da Ilha de Saint Martin podem ser vistos do alto (Foto: ETHERLANDS MINISTRY OF DEFENCE via REUTERS )





Danos causados pelo furacão Irma em Sint Maarten, parte holandesa da ilha de São Martinho, no Caribe (Foto: NETHERLANDS MINISTRY OF DEFENCE via REUTERS )





Casas destruídas após passagem do furacão Irma na parte holandesa da Ilha de Saint Martin, no Caribe (Foto: NETHERLANDS MINISTRY OF DEFENCE via REUTERS)









Danos causados pelo furacão Irma em Sint Maarten, parte holandesa da ilha de São Martinho, no Caribe (Foto: NETHERLANDS MINISTRY OF DEFENCE via REUTERS)





Fortes ondas batem na costa de Fajardo, em Porto Rico, durante a passagem do furacão Irma pelo Caribe (Foto: Alvin Baez/Reuters)





Polícia faz patrulha em área afetada pelo furacão Irma em San Juan, Porto Rico (Foto: REUTERS/Alvin Baez)





Na Flórida, homem estoca combustível diante da possível chegada do furacão Irma (Foto: AP Photo/Alan Diaz)





Max Gracia aguarda em uma fila para comprar folhas de madeira para proteger construções dos impactos do furacão Irma (Foto: AP Photo/Marta Lavandier)





Homem faz pequenos reparos em telhado de casa antes da passagem do furacão Irma em St. John's, Antigua e Barbuda (Foto: AP Foto/Johnny Jno-Baptiste)





Homens carregam tábuas de madeira para proteger janelas antes da passagem do furacão Irma em Carolina, Porto Rico (Foto: AP Foto/Carlos Giusti)





Funcionários colocam placas para proteger janelas de oficina em San Juan, Porto Rico, antes da passagem do furacão Irma, na terça (5) (Foto: Reuters/Alvin Baez)





Prateleiras quase vazias são vistas enquanto pessoas compram alimentos e água para se preparar para a passagem do furacão Irma, em Homestead, na Flórida, na terça (5) (Foto: Joe Raedle/Getty Images/AFP)





Pessoas compram água para estocar em preparação para a passagem do furacão Irma, em Miami, na Flórida, na terça (5) (Foto: Roberto Koltun/Miami Herald via AP)





Furacão Irma (Foto: NOAA National Weather Service National Hurricane Center/Reuters)



piada do dia